Ônibus + Bicicleta: você, ecológico ao quadrado!

Citizen Journalism

Viajar é bom de mais.

DSC_0306Viajar e levar com você seu meio de transporte ativo e ecológico é melhor ainda! 🙂

E é muito fácil

Praticamente todas as empresas de ônibus transportam sua magrela sem maiores problemas, para tirar dúvidas o melhor é ir até sua rodoviária e falar com os motoristas. O que acontece é que o pessoal da administração via de regra vai passar um monte de instruções ou “se nões” que na prática não valem nada.

Tem empresa que exige que você esteja coma nota fiscal da bicicleta, mas é raro (É também uma chatice desnecessária, cada um é responsável pelo que está transportado e não a empresa… Se tiver drogas em uma mala, quem responde é o dono da mala, correto?) Isto é algo que precisa ser revisto. 

 Escolha seu destino, coloque a bicicleta na mala do busão e bora conhecer lugares novos. Colocar a bici no ônibus é fácil, leve sempre com você dois extensores (elásticos). Veja o vídeo abaixo:

Recomendo que você entre em contato com grupos de ciclistas do seu destino e veja com eles se tem alguém que pode lhe fazer companhia. Especialmente se for viajar sozinho. Ciclistas locais vão ajudar na segurança e dar ideias dos melhores locais para visitar.

Exemplo pessoal

Estou planejando ir para BH, entrei em contato com grupos de lá, prontamente o pessoal me deu roteiros, alertas e inclusive já tenho um parceiro, o Hélio, que vai me acompanhar no segundo dia. Para o primeiro dia, em que vou pedalar pela cidade, ele me passou um roteiro completo de pontos interessantes.

Além de tudo isto o Hélio referendou a pousada que vou usar, especialmente o ponto. Fica as vezes difícil saber como é o entorno, você pode acabar se hospedando em uma região perigosa da cidade. (Estamos no Brasil) De qualquer forma mal posso esperar para estar pedalando em BH, de bike é DEZ!

Viagens de um dia

Cidades há uma ou duas horas de distância permitem um bate e volta. Já fiz isto em Socrocaba, região de Jundiaí e Sampa. Sampa de bike é tudo de bom, pedalo até Santos, coloco a magrela no Cometa e boa. Gosto da cometa porque tem como amarrar bem a bicicleta, até com um único extensor.

Paulistas, venham pedalar na Baixada!

Gente, do Jabaquara para Bertioga, Guarujá, Mongaguá, Praia Grande, Santos ou São Vicente estamos falando de uma viajem de uma hora e pouco. Muita ciclovia, trilhas, morros, todo tipo de terreno, alem das praias… pedalar pela orla é muito gostoso.

Mais uma vez entre em contato com grupos locais e planeje sua viagem. Você está no Brasil segurança é um problema em toda parte. Pedalei certa de 70 km em cada destino que mencionei, garanto, de carro não teria visto metade do que vi. Se você nunca fez algo assim, recomendo, vale a pena experimentar.

Leia tb: Uma viagem mais longa – Floripa  BUS + BIKE

 

Leave a comment

Search

Back to Top