Norte, celeiro de oportunidades (AM)

Citizen Journalism

turismo como vetor de
desenvolvimento da Amazônia

SeminárioAconteceu esta semana, em Manus, o seminário “O turismo como vetor de desenvolvimento da Amazônia”, realizado nos dias 8 e 9 passado, na sede da Superintendência da Suframa. O evento teve como objetivo promover o debate sobre a atividade turística na região, bem como propiciar parcerias e canalizar esforços para investimentos prioritários com foco na estruturação da atividade turística.

Na oportunidade, a Suframa também lançou um edital de chamamento público para a criação de um banco de projetos de apoio à estruturação da atividade turística no Amazonas. A iniciativa visa a criar um repositório de projetos aptos a receber recursos financeiros por meio de transferências voluntárias, com investimento direto da Suframa ou por meio de emendas parlamentares, vislumbrando-se a possibilidade de liberação de recursos da autarquia pelo governo federal para a promoção do desenvolvimento regional, a partir de 2020.

O público-alvo do edital são autoridades governamentais, representantes de entidades de classe, instituições de ensino e demais interessados em promover o debate sobre o desenvolvimento da atividade turística na região a partir da identificação dos principais gargalos – vislumbrando, ainda, projetos em andamento ou a serem desenvolvidos no Amazonas.

A programação incluiu o lançamento do edital de chamamento público e uma palestra sobre as ações e projetos estruturantes para o turismo na Amazônia, realizada pelo Ministério do Turismo. No segundo dia, terça-feira (9), foram realizadas nove palestras com os seguintes temas: Atuação institucional em apoio à atividade turística na sua área de atuação – Amazonas, Acre, Rondônia, Roraima e Amapá, pela SUFRAMA; Projetos e ações voltadas para a atividade turística no Amazonas, pela Amazonastur; Projetos e ações estruturantes para o turismo no Estado do Amazonas, pela Seplancti; A Cultura e a atividade turística no Amazonas, pela SEC-AM; O patrimônio histórico e a atividade turística na Amazônia, pelo Iphan; Projetos e ações voltadas para a estruturação do Turismo em Manaus; pela Manauscult; A contribuição da Rede Observatur-UEA para a gestão da atividade turística no Amazonas, pelo Observatur; Atuação do Sebrae no apoio à atividade turística no Amazonas, pelo Sebrae-AM; e O Turismo em Unidades de Conservação, pela Sema.

De acordo com o superintendente da Suframa, Alfredo Menezes, o turismo tem potencial para se tornar um importante vetor econômico na região, complementar ao modelo Zona Franca de Manaus. “Estamos buscando diferentes vetores econômicos que ainda não estão completamente desenvolvidos para complementar o que já existe a partir do modelo Zona Franca e, assim, agregar cada vez mais emprego, renda e desenvolvimento para nossa região”, afirmou.

 

Mais informações:
http://site.suframa.gov.br/assuntos/publicacoes/turismo

Meus agradecimentos a assessoria de impresa da Suframa
Textos: Layana Rios
Foto: Márcio Gallo

Leave a comment

Search

Back to Top