Jair Bolsonaro inaugura I fesPIM

cada ação conta, cadaacaoconta, Citizen Journalism

Com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, ocorreu nesta quarta-feira (27), no Studio 5 Centro de Convenções, em Manaus, a solenidade de abertura da primeira edição da Feira de Sustentabilidade do Polo Industrial de Manaus (I fesPIM). Com 130 stands sustentáveis e expectativa de público de aproximadamente 40 mil visitantes em três dias de duração, a feira – realizada pelo Instituto de Inteligência Socioambiental Estratégica da Amazônia (Piatam), por meio de cooperação técnica com a Suframa – contará com programação diversificada, incluindo palestras com especialistas nacionais e internacionais, exposição e comercialização de produtos e ações de disseminação de projetos e ações sustentáveis, a fim de mostrar a importância estratégica do PIM para o crescimento socioeconômico de todo o País com base em conceitos de sustentabilidade, tecnologia e desenvolvimento.

fesPIM____

Alfredo Menezes, superintendente da Suframa, definiu inicialmente a fesPIM como “novo conceito de defesa do modelo Zona Franca de Manaus (ZFM) e de valorização do Polo Industrial de Manaus como indústria verde do País”. Além de agradecer a presença do presidente Jair Bolsonaro e da primeira-dama Michelle Bolsonaro – sinal do “amor do presidente pela Amazônia e pelo Brasil” –, bem como a confiança de todos os patrocinadores e empreendedores que acreditaram e apostaram na realização do evento, ele disse que a feira tem importância estratégica para a região considerando o atual cenário econômico, político e ambiental do Brasil e as perspectivas futuras da ZFM no contexto do desenvolvimento regional.

fesPIM_

O prefeito de Manaus, Arthur Neto, e o governador do Amazonas, Wilson Lima, fizeram uso da palavra. Neto lembrou que esta é a segunda vinda de Bolsonaro a Manaus em aproximadamente quatro meses e disse que o presidente tem sido correto ao dizer que manterá as prerrogativas da Zona Franca de Manaus, mas cobrou também mais investimentos, principalmente, em infraestrutura e capital intelectual na região. Ele também fez questão de elogiar a indicação do superintendente Alfredo Menezes para o cargo e a adoção de critérios técnicos, em detrimento de motivações políticas, para a ocupação de cargos na Suframa.

fesPIM

Alexandre Rivas, presidente do Instituto Piatam, destacou o estudo “Instrumentos Econômicos para a Proteção da Amazônia – A experiência do Polo Industrial de Manaus”, o qual, com rigor técnico-científico de padrão internacional, demonstrou que “o PIM não apenas cumpriu sua missão desenvolvimentista, mas, além disso, produziu bônus altamente relevante para a sociedade contemporânea, tornando-se, assim, o maior projeto de proteção de florestas tropicais do Planeta, que tem elevada relevância no atual contexto das mudanças climáticas”.

O governador Wilson Lima, por sua vez,  agradeceu a deferência do presidente Jair Bolsonaro ao Estado do Amazonas em nova visita oficial e disse que a fesPIM é um evento importante porque reforça o conceito de que a Zona Franca de Manaus é fundamental para manter preservados os ativos ambientais. “Todos os dias mostramos para o Brasil e para o mundo que uma indústria forte no Estado do Amazonas significa um sistema forte de proteção ao meio ambiente, que a relação entre a produção industrial e a proteção das florestas é direta. Mas precisamos também caminhar em outras frentes e estamos fazendo isso”, disse o governador.

arquivo:

Bolsonaro defendeu a importância dos vastos recursos naturais da Amazônia para o desenvolvimento de todo o País e o papel estratégico exercido pela Zona Franca de Manaus para a preservação ambiental da região. “A Zona Franca de Manaus é um símbolo, uma garantia de que, enquanto ela existir, a Amazônia é do Brasil. Estamos aqui no pedaço de terra mais rico do mundo em minerais, água potável e biodiversidade. A cobiça existe sobre essa região e devemos nos preocupar com isso”, disse o presidente, citando, ainda, exemplos de países como Japão, Coréia e Israel, que se reconstruíram após guerras ou não dispõem desses recursos naturais, e conseguiram se desenvolver de forma mais acentuada. “Não podemos continuar pobres pisando num solo rico, isso precisa mudar. Olha o que nós temos e o que nós não somos. O que falta? Falta cada um de nós fazer nossa parte. Deus foi generoso demais para conosco. Vamos mudar o destino do Brasil”, finalizou o presidente.

SUFRAMA – http://site.suframa.gov.br/
Do Press release de Diego Queiroz Fotos Chico Batata

Veja vídeos sobre Manaus e o PIM: http://tiny.cc/xdoygz

#lixozero
#cadaacaoconta
#amazonas
#manaus
#suframa
#pim

Leave a comment

Search

Back to Top